COVID-19

Prevenção:

Para evitar a propagação da COVID-19, faça o seguinte:

Lave suas mãos com frequência. Use sabão e água ou álcool em gel.
Mantenha uma distância segura de pessoas que estiverem tossindo ou espirrando.
Use máscara quando não for possível manter o distanciamento físico.
Não toque nos olhos, no nariz ou na boca.
Cubra seu nariz e boca com o braço dobrado ou um lenço ao tossir ou expirar.
Fique em casa se você se sentir indisposto.
Procure atendimento médico se tiver febre, tosse e dificuldade para respirar.

Falar sobre infecção (assintomáticos) e doença

O novo coronavírus, o SARS-CoV-2, responsável pela COVID-19, pode causar vários sintomas diferentes que, dependendo da pessoa, podem variar desde uma simples gripe até uma pneumonia grave.

Normalmente os primeiros sintomas da COVID-19 aparecem 2 a 14 dias após uma possível exposição ao vírus, e incluem:

  • Tosse seca e persistente;
  • Febre acima de 38º C;
  • Cansaço excessivo;
  • Dor muscular generalizada;
  • Dor de cabeça;
  • Garganta inflamada;
  • Coriza ou nariz entupido;
  • Alterações do trânsito intestinal, principalmente diarreia;
  • Perda de gosto e olfato.

Estes sintomas são semelhantes aos de uma gripe comum e, por isso, podem ser confundidos. No entanto, é comum que possam ser tratados em casa, já que representam uma infecção leve pelo vírus, mas ainda assim é preciso que a pessoa fique em isolamento durante o período de recuperação para evitar a infecção de outras pessoas.

Variantes do SarsCov19

Apesar de terem mutações diferentes, elas guardam semelhanças, como maior capacidade de transmissão da Covid-19.

Esta discriminação é de maior interesse ao controle epidemiológico e infectologistas, sendo que em todos os casos os cuidados e tratamentos seguem os mesmos.

  • Variante Alfa: a antiga B.1.1.7, identificada no Reino Unido.
  • Variante Beta: a antiga B.1.351, identificada na África do Sul.
  • Variante Gama: a antiga P.1, identificada no Brasil.
  • Variante Delta: a antiga B.1.617.2, identificada na Índia.

Vacinas

Todas as 4 vacinas administradas no Brasil (Coronavac/Butantan, CoviShield daAstraZeneca/Fiocruz, Comirnaty da Pfizer/BioNTech e Janssen da Johnson &Johnson) imunizam contra todas variantes do SarsCov19, portanto se sua dose está disponível para sua faixa etária, não hesite em vacinar.

Testes do Laboratório Santa Cruz

Pesquisa de Antígeno para Sars-Cov-19

Exame que visa identificar rapidamente um paciente com suspeitas (mínimo de 3 dias de sintomas), tem um papel fundamental para confirmar a suspeita. Resultado em até 1 hora.

Teste de Detecção de Imunidade Contra o Coronavírus (ImunoSCov19)

Usando a conhecida técnica de imunoensaio ELISA aliado ao amplo estudo com pacientes recuperados da COVID19, o ImunoSCov19 é o único capaz de identificar e classificar a sua imunização contra o COVID-19 seja ela pós vacinação ecomendado 30 dias após última dose) ou posterior a infecção pelo COVID-19.

Pesquisa de Anticorpos para COVID-19

Este exame é mais utilizado para identificar se o paciente já teve contato com o vírus Sars-Cov-19. Não deve ser utilizado para caracterizar uma imunização ao vírus.

PCR para Sars-Cov-19

É o exame “padrão-ouro” no diagnóstico para COVID-19, sendo um exame mais demorado (em torno de 2-3 dias úteis) para obter seu resultado.

Esse site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Você pode selecionar “Aceitar” para consentir com esses usos, "Rejeitar" ou clicar em “Gerenciar” para revisar suas opções. Você pode alterar sua seleção em “Gerenciar" na parte inferior desta página.
Warning: some page functionalities could not work due to your privacy choices